Quero revelar minhas fotos, mas não sei como finalizar meu pedido

Siga este passo a passo:

1 – De seu computador acesse: http://www.webphoto.com.br
2 – Clique em “Revelação de Fotos”
3 – Selecione a opção de “tamanho” que deseja sua revelação.
4 – Faça o upload de seus arquivos, clicando em “Adicionar Imagens”
5 – Configure seu pedido, selecione todas as fotos, ou se preferir, uma a uma, e escolha o tamanho das fotos, o tipo de papel (couché ou fotográfico)*, com ou sem borda e clique em “Prosseguir”.
6 – Confirme seu pedido e “envie para o carrinho”.
7 – Caso tenha “Cupom de Desconto”, este é o momento de digitá-lo, antes de seguir com o pedido, certifique-se que o desconto foi aplicado.
8 – Confira seus dados e escolha a opção de frete e confirme.
9 – Faça a opção de Pagamento e finalize seu pedido.
10 – Agora é só aguardar suas fotos chegarem! Muito obrigado por usar nossos serviços.

Como fazer um Fotolivro?

É muito simples fazer um fotolivro pelo nosso site.
Acesse a nossa página de photobooks/fotolivros, escolha o modelo que preferir, e seu tamanho, depois clique em “prosseguir”

Escolha um tema e dê um nome ao seu projeto e clique em “Criar”.

Agora na tela de Edição propriamente dita, você clica em “adicionar fotos” no painel esquerdo, e inicia o processo de criação.

Passado não precisa ser sinônimo de Antiquado!

É certo que tudo na moda e na vida contemporânea seguem como ciclos que vêm e vão.

Muitos desses ciclos, de tempos em tempos, resolvem dar as caras novamente, alguns por puro modismo e outros por uma simples razão:
Nunca deveriam ter saído “de linha”.

A tecnologia, principalmente do fim dos anos 90 para cá, vem trazendo muita comodidade, mas também foi a principal culpada pelas extinção de muitos hábitos e objetos:

Orelhões, máquina de escrever, telefone fixo em casa, fitas cassete e VHS, discos de vinil, CD, DVDs, e, por fim, as fotografias, aquelas em papel, que durante um bom tempo caíram no esquecimento, bem próximo ao limbo!

itens antigos

 

O tempo tratou de provar que alguns dos itens acima realmente foram tarde, mas, por outro lado, alguns costumes tendem a voltar (para alegria dos saudosistas) e com força total nesta segunda metade desta década e não por modismo e sim por necessidade.

Me diga aí você:

– Nos últimos 3 anos (para não ir muito longe) quantos fotos você tirou, seja com sua extinta câmera digital, seja com seu ultra super smartphone?
– Quantas você revelou?
– Quantas você perdeu por que estava naquele CD que riscou, ou naquele HD externo que corrompeu, o naquele “laptop” que teve que formatar?

Entende agora?

Muitos dos arquivos digitais que você gerou nos últimos anos sequer serão vistos ou compartilhados com seus familiares e amigos, muitos você nunca mais verá.

Lembro de minha infância quando viajava para o interior e junto com minha avó sentávamos ao lado de uma mala velha com centenas de fotografias, algumas quase octogenárias e ficávamos horas identificando (ou tentando identificar) de quem se tratavam aquelas pessoas, algumas, até hoje, são um mistério. Consegue imaginar isso daqui a uns 10 ou 15 anos ou quando você tiver netos? Será que seu pen drive durará até lá, será que aquela nuvem ainda estará lá quando precisar dela?

OldPhotosInBox-copy

E vamos imaginar que sim… terá a mesma magia das fotos na sua mão?

Pois bem, com isso, afirmo que o retorno dos laboratórios fotográficos, mesmo os “virtuais”, será um grande aliado para que o seu passado não seja apagado, ou formatado, por algum desavisado.

Hoje você tem opções que vão de “quiosques” onde consegue revelar fotos em alguns tamanhos e com ótima qualidade e com um custo um pouco maior ou, até mesmo, sem sair de sua casa, acessar sites como WebPhoto, enviar via internet seus arquivos digitais e receber depois de poucos dias suas fotos reveladas e preços super em conta.

Tá esperando o que?

Seja uma pessoa moderna, traga de volta seu passado!

Imagem é o seu mundo e o nosso também!